CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS SOBRE O PROTOCOLO DE LESÃO POR PRESSÃO EM HOSPITAL PRIVADO E ACREDITADO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2021-v.95-n.36-art.1231

Palavras-chave:

Lesão por Pressão, Qualidade da Assistência à Saúde, Cuidados de Enfermagem, Avaliação em Enfermagem, Segurança do Paciente

Resumo

RESUMO:

Objetivo: Investigar o conhecimento dos enfermeiros em relação ao uso do protocolo de lesão por pressão instituído em um hospital privado e acreditado.

Método: Pesquisa com abordagem quantitativa e transversal, realizada em um hospital privado e certificado internacionalmente, localizado na cidade de Curitiba, estado do Paraná, Brasil. A coleta de dados ocorreu mediante a utilização de um questionário elaborado pelos próprios pesquisadores e aplicado a 27 enfermeiros durante o mês de novembro de 2020.

Resultados:  Houve prevalência de participação dos enfermeiros atuantes em unidade de terapia intensiva (n=8;29,63%), e nas unidades de internação (n=5; 18,52%). Quanto a utilização do protocolo de prevenção e classificação de lesão por pressão instituído pelo hospital da pesquisa, 16 enfermeiros o utilizam (59,26%) e 21 (77,78%) conseguem aplicar a escala de Braden diariamente. Em relação aos curativos padronizados na instituição através do protocolo, 14 (51,85%) dos enfermeiros se sentem seguros para a indicação e utilização dos mesmos e 13 (48,15%) não se sentem seguros. Nove enfermeiros referiram participar na comissão de curativos (33,33%).

Conclusões: Os dados revelaram utilização da escala de Braden diariamente pelos enfermeiros, baixa participação dos profissionais na comissão de curativos e incipiência quanto ao conhecimento dos enfermeiros em relação ao protocolo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco José Koller

Docente do Curso de Enfermagem do Centro Universitário Santa Cruz de Curitiba. Curitiba, Paraná, Brasil. Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Aline Renata dos Santos

Acadêmica de Enfermagem do Centro Universitário Santa Cruz de Curitiba. Curitiba, Paraná, Brasil.

Josemar Batista

Docente do Curso de Enfermagem do Centro Universitário Santa Cruz de Curitiba. Curitiba, Paraná, Brasil. Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Vanessa de Fátima Burdzinski.

Enfermeira. Graduada em Enfermagem. Coordenadora da Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente Núcleo Curitiba-PR. Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Curitiba, Paraná,

Publicado

2021-11-04

Como Citar

1.
de Lima de Moura VL, Koller FJ, dos Santos AR, Batista J, Burdzinski. V de F. CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS SOBRE O PROTOCOLO DE LESÃO POR PRESSÃO EM HOSPITAL PRIVADO E ACREDITADO. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 4º de novembro de 2021 [citado 22º de julho de 2024];95(36):e-021155. Disponível em: http://teste.revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1231

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL