ENVELHECIMENTO DA PELE: REFLEXÕES À LUZ DA CORPOREIDADE E DA EMPATIA DE EDITH STEIN

Autores

  • Ronny Anderson de Oliveira Cruz Centro Universitário de João Pessoa -UNIPÊ https://orcid.org/0000-0001-6443-7779
  • Francisca das Chagas Alves de Almeida Centro Universitário de João Pessoa -UNIPÊ
  • Bruno Gonçalo Souza de Araújo Universidade Federal da Paraíba
  • Antonio Carlos Narciso Centro Universitário de João Pessoa -UNIPÊ
  • Xênia Sheila Barbosa Aguiar Queiroz
  • Marta Miriam Lopes Costa Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.31011/reaid-2021-v.95-n.36-art.1220

Palavras-chave:

Empatia; Envelhecimento da pele; Imagem corporal; Saúde do idoso.

Resumo

Objetivo: refletir acerca do processo de envelhecimento da pele de pessoas idosas à luz da corporeidade e Da empatia de Edith Stein. Método: Trata-se de um ensaio teórico-reflexivo realizado a partir da busca por artigos, livros, dissertações e teses nos meses de maio e junho de 2021. Resultados: as reflexões deram-se a partir de interpretações da literatura e também de impressões reflexivas dos autores. O texto foi organizado em duas categorias temáticas: “O fenômeno da corporeidade e o processo de envelhecimento da pele de pessoas idosas” e “A empatia como tecnologia leve em atenção a pessoas idosas que vivenciam o envelhecimento da pele”. Considerações finais: Esta reflexão possibilitou aproximar os conceitos de corporeidade e empatia de Edith Stein em relação ao modo como percebe-se o corpo e a pele envelhecida. Espera-se que os enfermeiros em seus diversos cenários de atuação possam estimular o uso da empatia como instrumento de recondução/reconstrução sobre o olhar que se tem a respeito da pele envelhecida de pessoas idosas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronny Anderson de Oliveira Cruz, Centro Universitário de João Pessoa -UNIPÊ

Doutorando e Mestre em Enfermagem pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da UFPB, Especialista em Enfermagem em Terapia Intensiva (UCAM), Especialista em Gestão em Emergências e Desastres (FGF), Especialista em Ativação de Processos de Mudança na Formação Superior de Profissionais de Saúde (FIOCRUZ) e Especialista em Docência na Educação Profissional nos níveis básico e técnico (IFCE). Possui experiência na área de Terapia Intensiva, Clínica Médica, Emergência, Enfermagem Dermatológica e Sistematização da Assistência de Enfermagem. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa sobre o Tratamento de Feridas (GEPEFE - UFPB) e Membro da Associação Brasileira de Enfermagem seção-PB. Atua nos temas: Sistematização da Assistência de Enfermagem, Enfermagem Dermatológica, Teorias de Enfermagem e Formação em Enfermagem. 

Publicado

2021-12-29

Como Citar

1.
Cruz RA de O, Almeida F das CA de, Araújo BGS de, Narciso AC, Queiroz XSBA, Costa MML. ENVELHECIMENTO DA PELE: REFLEXÕES À LUZ DA CORPOREIDADE E DA EMPATIA DE EDITH STEIN. Rev. Enferm. Atual In Derme [Internet]. 29º de dezembro de 2021 [citado 23º de julho de 2024];95(36):e-021184. Disponível em: http://teste.revistaenfermagematual.com/index.php/revista/article/view/1220

Edição

Seção

ARTIGO DE REFLEXÃO